Mobilidade Graduação

Estudar em outras universidades brasileiras ou no exterior é uma experiência super positiva para o desenvolvimento pessoal, acadêmico e para o desempenho de futura profissão.

É uma experiência que exige preparo principalmente quanto a manter boas notas e histórico escolar sem reprovação. Além disso, é aconselhável que os alunos se envolvam ao máximo com a vida acadêmica (programas, projetos, prêmios, participação em congressos, dentre outros) e investiam no estudo de língua estrangeira, principalmente o inglês.

Além destas recomendações, para se inscrever em qualquer programa de mobilidade a Resolução 028/2015 determina aos alunos:

  •  estar regularmente matriculado;
  •  ter integralizado no mínimo 20% e no máximo 90% dos créditos do curso;
  •  possuir coeficiente de rendimento acumulado igual ou superior a cinco; e
  •  assinar termo de compromisso obrigando-se a encaminhar Plano de Estudos à coordenação do seu curso na Ufam até 30 dias após o início das atividades na universidade de destino.

Para realização de mobilidade nacional ou internacional sem bolsa o aluno deve consultar a ARII.

Procedimentos para ingresso em Mobilidade Out

Para ingresso na Mobilidade o aluno deve oficializar sua saída da Ufam por meio do preenchimento do Formulário de Mobilidade (disponível no menu serviços) e envio da carta de aceite para a ARII.

O procedimento visa assegurar os direitos dos alunos, como por exemplo, cancelar disciplinas pendentes, evitando baixa no coeficiente, bem como ampará-los em qualquer demanda ocorrida durante a mobilidade.  

Abaixo Resolução nº 028/15, regulamentando a Mobilidade Internacional.

Attachments:
Download this file (RESOLUCAO_MOBILIDADE_APROVADA.pdf)Resolução 028/2015